O BANCO DO EMPREENDEDOR foi a primeira organização criada e instalada pelo Programa Crédito de Confiança, implantado de um termo de cooperação assinado em maio de 1999 entre Governo de Santa Catarina, BADESC, SEBRAE/SC e FAMPESC, com a adesão de outras entidades organizadas, representantes de entidades e das comunidades que compõe a Região da Grande Florianópolis e que passaram a ser fundadoras da Organização Não Governamental BANCO DO EMPREENDEDOR.


A organização iniciou suas atividades em novembro de 1999, com sede inicialmente na Rua Almirante Alvim nº 491, no centro de Florianópolis e com a responsabilidade inicial de atender a toda região que compõe a Associação dos municípios da Grande Florianópolis. Em julho de 2002 foi  certificada pelo Ministério da Justiça, como Organização da Sociedade Civil de Interesse Publico (OSCIP).
 
O pioneirismo do Banco do Empreendedor dentro do Programa Crédito de Confiança foi de suma importância para o estabelecimento de padrões de operacionalização e administração do modelo que estava sendo criado para operar o microcrédito no estado de Santa Catarina. O esforço inicial contou com a participação de diversos parceiros, os quais disponibilizaram espaço físico, móveis, equipamentos e recursos a fundo perdido, como foi o caso da Prefeitura Municipal de Florianópolis, do BADESC e SEBRAE e alguns voluntários que se dispuseram a dirigir a equipe operacional contratada, gerando assim as condições para sucesso do projeto.
 
Sob o comando de Ubirajara Câmara, representante da AEMFLO - Associação Empresarial dos Municípios da Grande Florianópolis, primeiro Presidente, a organização deu os primeiros passos decisivos para sua consolidação. Através de uma parceria com o SEBRAE/SC foi disponibilizada uma unidade móvel para atendimento descentralizado diretamente aos empreendedores, nas varias cidades e bairros que compõe a região de atendimento da organização. Alguns meses mais tarde, sua sede foi transferida para novas instalações, junto a Gerência Regional do BADESC da capital, localizada à Rua Fúlvio Aducci nº 710, bairro Estreito, onde opera até o momento.
 
No ano de 2000 Ubirajara Câmara transferiu o comando da Administração para Marcílio Ávila, representante da ASSINVEST, que incentivou a disseminação do modelo e buscou novas parcerias. Em março de 2001 assumiu o comando da organização Luiz Carlos Floriani, representante da FAMPESC, passando a investir na profissionalização dos serviços e na descentralização do atendimento, através da criação de postos avançados, redefinição da área e região de atendimento e criação de programas de metas que garantiram melhor desempenho da organização.

Em 2005 é habilitada pelo Ministério do Trabalho e Emprego e passa a integrar o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo e Orientado - PNMPO, instituído pelo Lei 11.110.

A partir da decisão das Assembleias de associados do BANCO DO EMPREENDEDOR e da OSCIP CREDICONFIANÇA iniciou-se em janeiro de 2008 o processo de unificação das duas instituições, ficando a CREDICONFIANÇA, em processo de dissolução até a liquidação total de seus ativos e passivos e transferência do patrimônio remanescente para o BANCO DO EMPREENDEDOR, conforme estabelece a legislação em vigor, que incorporou todo seu pessoal e estrutura e passou a atender a região.

Em 2009 a Assembléia geral dos associados resolve promover uma reforma estatutária que permitiu iniciar um processo de profissionalização e expansão das atividades, ampliando a atuação da organização para todo o Estado de Santa Catarina e contratando o senhor Luiz Carlos Floriani como Diretor Superintendente para liderar e coordenar o Plano de Expansão do Banco do Empreendedor.

A primeira unidade de atendimento fora da região inicialmente concebida, é inaugurada em 2010, na cidade de Brusque, atendendo uma demanda da Associação das Micro e Pequenas Empresas, AMPE BRUSQUE, passando a atender, além de Brusque, as cidade Botuverá e Guabiruba.

Em 2012 o Banco do Empreendedor adquire a carteira da OSCIP BAPEM, de Caçador, assumindo todas as suas unidades e preservando todos os seus operadores, que foram incorporados, e passou a atender também o meio-oeste de Santa Catarina.

Definido por negociação estratégica das assembleias do Banco do Empreendedor e da Casa do Empreendedor, as organizações definem a realização de uma grande parceria e o Banco do Empreendedor passa a atender, a partir de janeiro de 2014, a região Norte e Nordeste do Estado, antes atendida pela Casa do Empreendedor, incorporando todo seu pessoal e aproveitando as estruturas existentes. Com isto o Banco do Empreendedor passa a ser a maior organização de Santa Catarina com vinte Unidades de Atendimento instaladas.

Atualmente, o Banco do Empreendedor opera em municípios de várias Regiões do Estado, como o Meio-Oeste, Planalto Sul, Vale do Itajaí, Norte/Nordeste e Grande Florianópolis.


MISSÃO: “Promover o desenvolvimento econômico e social, de forma orientada e sustentável, por meio da oferta de produtos e serviços microfinanceiros”.


VISÃO: “Ser a organização brasileira especialista em soluções de microfinanças”.


VALORES: Legalidade; Impessoalidade; Moralidade; Publicidade; Economicidade; Eficiência; Indiscriminação de raça, cor, gênero ou religião; Empreendedorismo como instrumento de desenvolvimento econômico-social.


 


Solicite seu crédito

Digite seus dados e entraremos em contato.

Sair